Quinta-feira, 16 de Junho de 2005

Biografia Juliet Landau

Juliet_Landau.jpg

Juliet Landau é filha dos actores, Martin Landau e Barbara Bain e irmã da produtora Susan B. Landau (cujos filmes incluem Bram Stoker's Dracula, Cool Runnings e An Ideal Husband). Ela nasceu na América, passou quatro anos na Inglaterra, onde herdou o sotaque britânico para Drusilla. A carreira de Juliet no mundo do espectáculo começou com a dança, ela era dançarina há quatro anos e finalmente conseguiu entrar para o cinema com o filme Ed Wood. Juliet não foi a nenhuma audição para o papel de Drusilla, Joss Whedon viu o trabalho dela no filme Ed Wood e telefonou para o agente dela; Conheceram-se e falaram sobre a personagem e ela aceitou. Depois de trabalhar em Buffy, a Caçadora de Vampiros, trabalhou em mais alguns projectos, incluindo Ravager, com Robin Sachs (Ethan Rayne). Quando ela não está a actuar, Juliet descreve-se como viciada no trabalho, gosta de dançar. Também gosta de ler e de ver a série Felicity.

Caçado Por: Buffy Summers às 20:33
link do post | Comentar | favorito
Quarta-feira, 15 de Junho de 2005

Blog da Drusilla

laydrusilla.JPG

Hoje vim falar-vos do blog da Drusilla.
A Drusilla tem um blog em www.insanedrusilla.blogs.sapo.pt que tem textos muito bons, onde ficamos a conhecer melhor quem é a Drusilla e toda a sua história...
Para saberem mais, é só visitarem o Blog da Dru :"Insane Drusilla" e comentarem muito! :)
Ela está a vossa espera...
Caçado Por: Buffy Summers às 20:15
link do post | Comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 14 de Junho de 2005

Texto da Drusilla (http://insanedrusilla.blogs.sapo.pt/)

Eu sou a Drusilla, aquela vampira louca que vocês já devem ter ouvido falar…
Vou-vos contar um pouco da minha história.
Antes do Angel me ter encontrado, eu era simplesmente uma mulher normal, doce, fraca e discreta. O único aspecto que eu tinha de diferente, em relação aos comuns humanos, é que eu tinha (e tenho) visões do futuro. Sentia-me muito assustada quando tinha essas visões, eram assustadoras e perturbantes e eu não sabia como lidar com elas! Toda a gente me dizia que eram coisas do mal, e eu ainda mais assustada me sentia, pensava que a culpa era toda minha, e ia muitas vezes confessar os meus pecados, à igreja.
Mas um dia, o Angelus encontrou-me. Tornou-me numa vampira, mas antes disso, torturou-me até eu chegar a um ponto de loucura extremo.
Aquela rapariga inocente e ingénua não existia mais. Agora sou assim, como todos reparam. Louca, exagerada, sem medos nem limites.
Então conheci o Spike, tornei-o num vampiro e, mesmo sendo como sou, apaixonei-me por ele, e ele por mim, e tivemos durante um século, uma relação apaixonante, louca e sangrenta. O Spike foi o único amor que alguma vez tive. Foi o único que conseguiu chegar ao meu coração gelado.
Mas quando fomos para Sunnydale o Spike mudou…E deixou de ser o vampiro pelo qual me tinha apaixonado.
Apesar disso, ainda hoje sinto a falta dele…porque no fundo ele continua dentro de mim…de alguma forma…
Talvez tenha tomado a decisão errada, ao deixar o Spike, e sei que ele já não me quer de volta…
Estou sozinha, mas já não me importo… Continuo a minha vida extinta, e apenas na escuridão me consigo encontrar…
Se alguma vez tiveram a infeliz sorte de me encontrar…temam …eu não tenho limites, não tenho nada a perder…

Beautiful_Drusilla.JPG
Caçado Por: Buffy Summers às 16:17
link do post | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 13 de Junho de 2005

Acerca dos vampiros...

A crença em vampiros, nasceu há milhares de anos, quando o homem descobriu que o sangue era fonte de vida e se espalhou pelo mundo. Em muitos lugares, como na Roménia pátria do Conde Drácula, ela sobrevive até hoje.
A crença em vampiros é universal. Ela é documentada na antiga Babilónia, no Egipto, em Roma, na Grécia e na china. Os relatos sobre vampiros existem em civilizações completamente separadas, entre as quais quaisquer influências directa são impossíveis. Na China, os vampiros já existiam em 6oo a.c., descrições de vampiros são encontradas nas antigas cerâmicas da Babilónia e da Síria, milhares de anos antes de Cristo. A crença floresceu também no Novo Mundo, à semelhança do que aconteceu no Antigo.
Os vampiros tiram o sangue dos viventes e misturam-no com o seu tornando, assim, essa pessoa num morto-vivo, sobrevivendo à morte comum.
As práticas ortodoxas de excomunhão reforçam a crença nos vampiros. Quando os padres ou bispos ortodoxos cristão expedem uma ordem de excomunhão, acrescentam a maldição “e a terra não receberá o seu corpo!”, o que significa que o corpo da pessoa excomungada permanecerá “incorrupto e inteiro”. A alma não descansará em paz. Nesse caso, a não-decomposição do corpo é um aviso do mal. Os ortodoxos cristão que se converteram ao catolicismo romano ou islamismo são condenados a vaguear pela terra e não entrar no céu. É importante lembrar que nesse contexto, o histórico Drácula, ao converter-se ao catolicismo, no fim da vida “abandonou a Luz da ortodoxia” e “aceitou a escuridão” da heresia, tornando-se, a partir daí, num morto-vivo, num vampiro.
Outra teoria relativa às razões da aparente riqueza na crença em vampiros na Transilvânia baseia-se no facto de muitos grupos étnicos diferentes que habitavam a área, terem criado uma elaborada mistura de folclore que incluiu alemães, húngaros, ciganos e romenos.
Na Transilvânia, o alho é a arma poderosa para deter vampiros. As janelas e as portas são ungidas com alho para os manter à distância. Além disso, os animais especialmente, as ovelhas, são esfregadas com alho, pois os vampiros podem atacá-las assim como fazem com os humanos. Os camponeses consideram o alho como uma planta medicinal. Comem-no para curar uma gripe comum e várias enfermidades. Tudo o que afasta as doenças é considerado bom ou magia “branca”, de onde se concluiu que o alho pode afugentar os demónios, os lobisomens e os vampiros.
O modo definitivo de destruir um vampiro é dirigir ao seu coração uma estaca que deve atravessá-lo, enquanto o dia é claro e o vampiro precisa de repousar no caixão. A estaca deve ser feita de oliveira ou de Álamo. Em algumas regiões da Transilvânia, barras de ferro – de preferência aquecidas ao rubro – são usadas. Como garantia adicional, o corpo do vampiro é queimado para mantê-lo na sua sepultura. Uma derivação disso é o pé de abeto como ornamento, encontrado hoje sobre túmulos na Roménia. Muitos romenos acreditam que a vida após a morte será bastante parecida com a vida na Terra. Como não há muita fé num mundo puramente espiritual, parece razoável que após a morte o vampiro possa andar pela Terra do mesmo modo que uma pessoa viva. Os mortos-vivos não são sempre vampiros.
De acordo com a crença ortodoxa cristã, a alma não abandona o corpo para entrar no outro mundo senão 40 dias depois de o corpo ser levado à sepultura. Daí as celebrações nos cemitérios ortodoxos serem 40 dias depois do enterro.
Os corpos são exumados entre três e sete anos após sepultados; se a decomposição não é completa, uma estaca deve ser cravada no coração. Se um gato ou outro animal demoníaco salta ou voa sobre o corpo antes que ele seja enterrado, ou se a sombra de um homem passa sobre o cadáver, o falecido pode ser um vampiro.
Se o corpo do morto é reflectido no espelho, o reflexo ajuda o espírito a deixar esse corpo e a tornar-se vampiro.
Se o vampiro continua despercebido por sete anos, pode viajar para outro país ou a um outro lugar onde outra língua é falada e torna-se humano outra vez. Ele ou ela pode casar-se e ter filhos, mas todos se tornarão vampiros quando morreram.
Os romenos cortam as solas dos pés ou amarram as pernas e os joelhos dos suspeitos, para impedi-los de caminhar. Alguns enterram corpos com foices em torno dos pescoços, de modo que, tentando sair, o vampiro corte a própria cabeça.
Os pirliteiros são bons para afastar os vampiros, uma vez que se acredita que a coroa de espinhos de Cristo foi feita de pirliteiros. Os vampiros ficaram enredados nos espinhos e acabariam desorientados.
Por ser uma liga pura, acredita-se que a prata tem o poder de barrar vampiros, assim como lobisomens. Por isso, as cruzes e os ícones são, em geral, feitos de prata.

Vampires.jpg

Nota do autor: Este artigo é baseado num excerto do capítulo XX do livro Em busca de Drácula e outros vampiros, de Raymond T. McNally e Radu Florescu, lançado no Brasil, pela editora Mercuryo. Tradução: Luiz Carlos Lisboa.


Caçado Por: Buffy Summers às 20:49
link do post | Comentar | ver comentários (5) | favorito
Sábado, 11 de Junho de 2005

Drusilla e os seus Amores...

SpikeandDru.jpg

Drusilla só teve um verdadeiro Amor durante toda a sua vida.
Quando foi transformada em Vampira, por Angelus, Drusilla ainda foi sua amante por uns tempos, mas depois de transformar Spike em Vampiro, ele tornou-se o seu amante. À maneira deles conseguiam ter uma bonita relação. Drusilla estragou a relação quando abandonou Spike duas vezes, pois transformou-o num vampiro mais afável e depois achou que ele não era suficientemente malvado para ela.
Mas como não havia amor como aquele que ela sentia por Spike, foi atrás dele em Sunnydale, mas infelizmente, Spike rejeitou-a devido ao que já sentia por Buffy.
Sendo assim, Drusilla acabou por ficar sozinha.
Caçado Por: Buffy Summers às 15:47
link do post | Comentar | ver comentários (7) | favorito
Sexta-feira, 10 de Junho de 2005

Biografia da Drusilla

Drusilla era mortal e vivia em Londres quando Angelus se atravessou no seu caminho em 1860, quando ela estava a confessar os seus pecados (pois ela tinha visões) na igreja. Angelus levou-a à loucura matando a sua família e os seus amigos e convencendo-a que ela era uma enviada de Satã. Ela quase foi morta em Praga e ficou doente e muito fraca e Spike, o seu Amante à um séuclo, trouxe-a para Sunnydale para a curar. O sabngue de Angel, como seu criador, era necessário para completar o reitual, mas Buffy e os seus amigos chegaram a tempo de impedir, antes que Angel fosse morto. Mas houve tempo suficiente para Drusilla se curar, deixando a igreja que caiu sobre eles e revertendo os papéis, passando a ser ela a cuidar de Spike. Depois de estar curada, Drusilla chamou um demónio, o Juiz, para destruir o mundo, mas Buffy conseguiu pará-los antes de eles conseguissem concretizar a sua missão.
Quando Angel perdeu a sua alma e se juntou a Spike e a Drusilla, fez com que Spike fosse obrigado a unir-se a Buffy para acabar com Angelus e ter a sua Drusilla de volta.
Dru matou Kendra por hipnotismo e cortou-lhe a garganta. Usou também o seu talento em hipnotismo para convencer Giles de que era Jenny Calendar, a namorada dele, para que Giles lhe revelasse como se acordava o demónio de Acathla para destruir o mundo. Spike, na última batalha entre Buffy e Angelus, deixou Drusilla inconsciente e fugiu no seu carro para longe de Sunnydale.
Drusilla abandonou Spike duas vezes: Uma por um Chaos Demon e outra por um Fungus Demon, alegando que Spike não era suficiente mau para ela.
Drusilla foi para L.A., para a Wolfram and Hart, rival de Angel, para junto da sua grandsire, Darla, que se torna Vampira. Corrompida pela nostalgia, regressa a Sunnydale, para tentar concertar as coisas com Spike, mas ele rejeita-a pois não consegue mentir sobre o seu amor por Buffy.

Drusilla_01.jpg
Caçado Por: Buffy Summers às 15:36
link do post | Comentar | ver comentários (7) | favorito
Quinta-feira, 9 de Junho de 2005

Filmografia Eliza Dushku

Tru Calling (2003) TV Series .... Tru Davies
The Kiss (2003) .... Megan
Buffy the Vampire Slayer: Chaos Bleeds (2003) (VG) (voice) .... Faith
Wrong Turn (2003/I) .... Jessie Burlingame
City by the Sea (2002) .... Gina
The New Guy (2002) .... Danielle
Soul Survivors (2001) .... Annabel Jay and Silent Bob
Strike Back (2001) .... Sissy
Bring It On (2000) .... Missy Pantone
Switch (1999/II) .... Nina Lector
The Last Nine Months Race the Sun (1996) .... Cindy Johnson
Journey (1995) (TV) .... Cat
Bye Bye, Love (1995) .... Emma Carlson
True Lies (1994) .... Dana Tasker
This Boy's Life (1993) .... Pearl
That Night (1992) .... Alice Bloom

Faith_Eliza.jpg
Caçado Por: Buffy Summers às 17:57
link do post | Comentar | ver comentários (6) | favorito
Quarta-feira, 8 de Junho de 2005

Biografia Eliza Dushku

Eliza Patricia Dushku, nasceu a 30 de Dezembro de 1980 em Boston. Cresceu em Watertown, Massachusetts, e licenciou-se no liceu de lá. Ela não liga muito à religião, mas diz que acredita num “Poder Superior”. A sua mãe é professora e o seu irmão faz parte do corpo de Paz na América Central. Eliza, como ela gosta que lhe chamem, começou o seu negócio ajudando crianças surdas a fazer representação teatral no Watertown Children’s Theatre, mas ela conseguiu o seu primeiro papel para um filem aos 10 anos, no filme “That Night”. Ela continuou a participar em filmes. Buffy, a Caçadora de vampiros foi o primeiro filme em que participou quando saiu da Universidade. Eliza descreve-se como uma Maria-rapaz dia que só recentemente começou a “agir como uma rapariga”. Ela é uma boa cantora, estudou dança, fez um pouco de Tae-Bo e adora Yoga. Os sesu gostos musicais vão desde Beastie Boys, passando Lauryn Hill, até Metallica. Por agora vive com um dos seus irmãos, e tem aparecido em alguns filmes. Ela diz que está aberta a convites para a série Buffy e Angel, mas ela não tem interesse em cantar, um contracto a longo prazo…

Eliza_01.jpg
Caçado Por: Buffy Summers às 20:51
link do post | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 7 de Junho de 2005

...Uma nova caçadora de vampiros…(Por Faith)

Eu sou a nova e actual Escolhida (tecnicamente), uma rapariga problemática e rebelde. Acabadinha de chegar a Sunnydale e já a fazer estragos… Pois é sou eu mesma a Faith;)
Todos já sabem porque é que fui parar a Sunnydale, não? Bom… logo que fui chamada, após a morte da Kendra, tomei conhecimento da existência da B., por isso, quando a minha Guardiã foi morta (facto que encobri aos Sccobies) fugi para lá. Confesso que a minha primeira impressão junto da B. não foi das melhores visto que menti-lhe, e vamos ser francas, ela ficou com ciúmes de mim, mal tinha chegado e já todos me tratavam como se me conhecessem à muito tempo…
A principio como uma boa menina rebelde irei ajudar os meus novos amiguinhos, na luta contra os vampiros… Mas não vai demorar muito até a minha querida amiga B. sentir como é bom ter-me por perto… ai, ai, B. nem sabes o quanto…
Bom por agora é tudo, vá lá deixem-se disso, aqui não vão ficar a saber de tudo… vejam a série, prometo que se vão divertir muito comigo;)

t.bmp


faith8.jpg


Este texto foi escrito pela Faith (www.spuffy.blogs.sapo.pt). Espero que gostem e comentem :)
Caçado Por: Buffy Summers às 17:42
link do post | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 6 de Junho de 2005

Blog da Faith

faithlay.jpg

Como isto está um pouco díficil de encontrar assuntos relacionados com a Faith…Hoje decidi falar-vos sobre o blog dela.
A Faith possui um blog em www.spuffy.blogs.sapo.pt , é um bom blog para quem é fã da Faith ou então para aqueles que gostariam de a conhecer melhor…
Trata de assuntos sobre as Caçadoras, sobre a sua vida…Além de também ter um mural de criticas onde podem deixar as vossas opiniões, sugestões e críticas sobre o blog.
Passem por lá e não se esqueçam de comentar…ninguém quer ver a Faith chateada:) lol!
Caçado Por: Buffy Summers às 19:24
link do post | Comentar | ver comentários (13) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


.Profecias Recentes

. †Slayer's Empire Mudou-se...

. † Notícias †

. Novidades do Império

. Slayer's Empire Rula!!!

. † Ficha de Inscrição †

. † The Empire is back! †

. † Feliz Natal †

. † Hiatus †

. † Prova da Annabelle †

. † Prova da Faith †

.Profecias Passadas

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

.Visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds